OBJETIVOS DO BLOGUE

Olá, bem-vindo ao blog "Chaves para a Sabedoria". A página objetiva compartilhar mensagens que venham a auxiliar o ser humano na sua caminhada espiritual. Os escritos contém informações que visam fornecer elementos para expandir o conhecimento individual, mostrando a visão de mestres e sábios, cada um com a sua verdade e experiência. Salientando que a busca pela verdade é feita mediante experiências próprias, servindo as publicações para reflexões e como norte e inspiração na busca da Bem-aventurança. O blog será atualizado diariamente com postagens de textos extraídos de obras sobre o tema proposto. Não defendemos nenhuma religião em especial, mas, sim, a religiosidade e a evolução do homem pela espiritualidade. A página é de todos, naveguem a vontade. Paz, luz, amor e sabedoria.

Osmar Lima de Amorim


quinta-feira, 2 de março de 2017

O DESEJO É UM FOGO QUE QUEIMA COM ENORME FÚRIA

"Aceite o mundo como ele é. Nunca espere que ele se ajuste a suas necessidades ou padrões pessoais. Maya ou ilusão reveste o bem com o disfarce do mal e faz o mal às vezes reluzir com o brilho do bem. No máximo de sua capacidade, use seu discernimento e desenvolva esta capacidade de discriminar. Lutar para ganhar - eis o melhor que você pode fazer. Poucos podem dizer 'eu ganhei'. Sua consciência conhece a fonte real da alegria. Esta o estimulará para o caminho reto. Resta-lhe tomar a consciência como guia e não deixar de lhe prestar obediência. A cada hora, ela contradiz sua fantasia pessoal.

O homem procura sempre a felicidade mediante a tentativa de gratificar seus desejos e, se um deles é satisfeito, sente júbilo, mas, quando não, tristeza. O problema, entretanto, é que o desejo é um fogo que queima com enorme fúria, pedindo sempre mais combustível. Um desejo conduz a outro. E o homem se exaure tentando atender a todas as demandas que o desejo lhe faz; portanto, você deve afastar-se deste caminho do intérmino desejo, e optar pelo caminho do contentamento e da alegria interiores."

(Sathya Sai Baba - Sadhana, O Caminho Interior - Ed. Nova Era, Rio de Janeiro, 1993 - p. 170/171)


Nenhum comentário:

Postar um comentário